top of page

Ombro afundado por alça de sutiã: o que fazer?

Olá minhas maravilhosas!

Hoje vamos falar um pouco de um tema que atinge todas as mulheres de seios grandes: a marca que o uso de sutiã faz em nossos ombros.


Não tem jeito: seios grandes precisam de sustentação quando vamos fazer atividades físicas, e já deixando claro que não estou falando de esporte. As atividades nossa do dia a dia mesmo, desde uma higiene de nossa moradia, nossa profissão, dançar… tudo envolve movimentação do corpo e, como consequência movimentação dos seios. E, para evitar dores, recorremos ao amigo do peito: o

No entanto o uso do sutiã implica em um efeito colateral: o afundamento da pele no ombro, onde a alça fica apoiada. Você sabe porque isto acontece? Todo ser humano possui gordura, e a gordura se molda, como se fosse uma massa de modelar.

Na imagem você vê um Simulador de sutura (utilizado para aprendizagem de técnicas de sutura e outros), que ao ser pressionado, cria uma elevação nas laterais e um afundamento onde está ocorrendo a pressão. É isto que a alça do sutiã faz em seu ombro: ele afunda a região devido a pressão que a alça faz em função do peso do seio e alça muito apertada.

simulador de sutura pressionado

Você se lembra quando era mais nova e/ou seu seios eram menores, em desenvolvimento, que ao retirar o sutiã, a pele ficava marcada, mas depois de um tempo voltava ao normal? Porque isso não acontece mais hoje? Porque o uso continuo vai lesionando aquela região, deixando ela cada vez mais profunda e sem a capacidade de se recuperar como antes. E agora não temos só o problema desta região, a pressão contínua em uma região lesionada, pode lhe trazer outras consequências, como inflamações que podem virar inflamações crônicas (vamos falar mais sobre isto em uma outra postagem).

“Ai minha deusa da beleza, e agora o que eu faço, não da para ficar sem sutiã e ficar com sutiã pode me trazer inflamações?” Calma que este caso tem várias soluções, e todas bem simples que podemos adotar no dia a dia, sem precisar comprar modelos de sutiã fisioterapeuticos, caros e que, se usados da mesma forma que você utiliza os comuns, vão trazer os mesmo problemas.

1 – Alivie seu ombro, ele agradece

Você pode baixar as alças do sutiã em alguns períodos, simples assim: coloque as alças em uma região mais afastada da lesionada, caso não seja possível deixa-las abaixadas. Além de aliviar o local da pressão, você irá sentir mais alivio na região, já que a musculatura local fica tensionada (o que causa dores nos ombros e nuca, sem falar na dor nas costas!). parece bobagem, mas faça isto por uma semana que você sentirá a diferença. Quer um exemplo de como isto faz diferença? Pegue uma sacolinha de mercado e coloque um saco de arroz e segure com uma mão. O que acontece com sua mão? Marcas vermelha e a té mesmo “cortantes” começa a aparecer, afinal de contas sua mão está carregando um peso que esta concentrado em apenas duas tiras, que quanto mais finas, mais marcantes e doloridas são, não é mesmo? Quando você teria a sacola de suas mãos, elas aos poucos vão se recuperando e você sente o alívio. O mesmo acontece com seu ombro: ele está segurando um peso por uma alça, e ao retirar essa alça você está trazendo alívio à região, mesmo que seja por alguns minutos. Uma boa opção são os sutiãs com alças removíveis, que você pode alterar onde as alças ficarão.


2 – Você está usando o modelo certo de sutiã para seu corpo/seios?

Como falamos acima, a largura da alça, quanto mais fina, mais marcante, cortante e problemática será. Se você usa tamanho a partir do 50, s alça do seu sutiã precisa ser larga. A alça larga distribui o peso que ela segura em uma área maior no ombro (opa vamos brincar de física: distribuir o peso em uma área maior, desta forma evitando o peso concentrado em uma pequena área- lembra da sacola? Uma sacola com alças mais largas e firmes não cortam a mão como uma sacola plastica comum). Outra questão é o modelo do sutiã. Temos outras opções que são mais indicadas para quem tem uma maior atividade física, ainda mais braçal (como as enfermeiras, médicas, dentistas, dançarinas, faxineiras, etc), como o top (que funciona como uma camisetinha com alças largas e confortáveis) ou o sutiã nadador (que funciona como um top, mas que tem sua área de sustentação mais focada nas costas), que além de aliviar os ombros nas áreas de lesões dos sutiãs de alça comuns, deixam seus ombros livres para esticar/movimentar os ombros, e sem correr o risco da alça sair do lugar.

sutiã apertado

3 – Você está usando o tamanho adequado de sutiã para seus seios e costas?

O sutiã ideal é aquele que fica perfeito nas suas costas e no bojo dos seios. Um sutiã largo na região do toráx (abaixo dos seios e costas) não te da sustentação. Os seios escapam por baixo, você ergue os braços e o sutiã sobre junto, as alças ficam caindo e você não tem sustentação nenhuma. Um sutiã apertado, vai criar áreas de lesões e vai te machucar! Vai deixar aquelas marcas vermelhas de elásticos, vai criar inflamações (sem contar as assaduras do contato do tecido apertado com a pele) e ainda agravar mais a situação: além de ter um “buraco” no ombro” vai criar dobras na região (a mesma situação do ombro, pois vai geras ondulações nas áreas paralelas a que está pressionada). Neste caso; sutiã todo grande ou todo pequeno: compra um novo menina! Sutiã que está bom no bojo mas curto nas costas: usar um extensor, você ficará com o bojo certo e com fechamento sem te machucar nas costas. Sutiã com bojo certo e costas sobrando: leva na costureira, elá irá ajustar ao seu corpo e deixar tudo em harmonia.

sutiã apertado

4 – Faixas, a solução mais antiga da historia do sutiã

As faixas pressionam os seios e fecham nas costas, aliviam os ombros, mas não oferecem a mesma sustentação que um nadador vai te oferecer (que na minha opinião, é o melhor sutiã em questão de sustentação), no entanto é uma boa solução para você alternar com um sutiã de alças, caso você não tenha seios muito grandes.

nadador: melhor sustentação


5 – Tomara que caia: pula para você ver o que acontece

O tomara que caia é um sutiã que, para segurar os seios, ele vai te amarrar! Sim o sutiã tomara que caia precisa ficar muito firme no toráx para segurar os seios, ou seja: vamos apertar! Porque não tem alças lá em cima impedindo que ele desça, então toda a base dele precisa estar bem justa ao seu corpo. É um sutiã para ser usado em ocasiões que ele é necessário: um vestido tomara que caia por exemplo. Imagina você tirando um paciente da cama usando um tomara que caia? Uma puxada a mais e “os peitos voam para fora do bojo”, então reserve este modelo para ocasiões especiais, mas não para o dia a dia. E não acredite em quem diz que o sutiã tomara que caia dá a mesma sustentação que um de alça e o teste é simples: puxa o sutiã para baixo e vê qual não vai descer.

6 – Massagens locais

Faça massagens nas áreas afetadas! Se você tiver condições, pague a uma profissional, rapidinho, com os cuidados certos e com as massagens, esse afundamento no seu ombro vai desaparecer. Não tem dim dim para pagar? Existem alguns videos no Youtube para te auxiliar, mas uma dica de ouro que eu recebi da minha massoterapeuta: rolo de macarrão! Hahaha é sério! Só que você precisará de ajuda. Passe um óleo de massagem para que o rolo não gere atrito na pele e peça para que outra pessoa passe o rolinho no seu ombro com uma certa pressão (que não te machuque), passe por todo o ombro (em cima, na frente e nas costas) fazendo 30 movimentos (30 sentido ombro, 30 sentido pescoço, 30 no sentido do busto e 30 no sentido das costas). Esse método pode ser usado em qualquer gordurinha localizada, mas busque orientação especializada (cursos, videos, profissionais) para não fazer bobagem. Juro para vocês que ajuda muito.

massagem

Então, depois desse apanhado de informações, o que aprendemos?

  1. Não use constantemente sutiã com a alça sempre no mesmo local (você pode baixar as alças, mudar elas de local ou usar modelos que possuem alças em locais diferentes;

  2. Sutiã Nadador: além de aliviar a área da alça, ele distribui melhor o peso e te dá liberdade nos ombros (como disse antes, na minha opinião, o melhor modelo para quem tem seios grandes, para usar no dia a dia);

  3. Usar o tamanho correto do seu corpo: aprenda a recorrer à costureira e você sempre terá o sutiã como aliado;

  4. Alterne os modelos de sutiã, desta forma você não vai forçar sempre a mesma áreas todos os dias;

  5. Não existe sutiã tomara que caia que sustenta da mesma forma que um com alças (repete comigo para não te enganarem nunca mais)

  6. Massagem, não só alivia as dores, mas ajuda esteticamente também!

Espero que tenha ajudado vocês como me ajudou!

Gostou das dicas? Compartilha com as amigas, deixa seu comentário aqui embaixo.

Beijo da Gorda

Comentarios


mobile-2-verao-2024-divas-plus.png
banner-mobile-outlet-divas-plus.jpg

Fique por dentro de todos os posts

Obrigado por assinar!

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • Pinterest
bottom of page